Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

sábado, 24 de maio de 2008

Nunca na minha vida já longa de 42 anos fui acusada de ser ciumenta. Não gosto de pessoas ciumentas ou possessivas, considero o ciúme uma doença e numa relação a dois deve ser a melhor maneira de acabar com a relação rapidamente.
No entanto, agora, dou por mim a ter atitudes e sentimentos possessivos em relação a pessoas das quais gosto e com as quais me relaciono.
Há pouco tempo disseram-me que eu estava a ficar possessiva. Pus-me a pensar melhor e pensei que, na verdade, estava a ter comportamentos pouco OK. Fiquei triste comigo, mas também fico triste com as outras pessoas.
Não sei porque razão, mas quando gosto de alguém dedico-me inteiramente, dou-me e quero dar sem estar à espera de retribuição, pelo menos conscientemente, porque quando percebo que afinal o que estou a dar de mim nunca vai ser igualado pela outra pessoa, quase caio de um precípicio sem salvação possível.
Já devia ter uma maneira diferente de ver o Mundo e de me relacionar com as pessoas. O meu coração já devia saber que se devia manter fechado a sete chaves e não devia deixar-me entrar de cabeça nos relacionamentos com as outras pessoas. É que quando saímos do nosso micro cosmos para o país real, a minha importância deixa de existir e eu sou apenas mais uma pessoinha.
Será que algum dia vou deixar de ter estes pensamentos, estes sentimentos, estes relacionamentos?
Será que algum dia eu vou encontrar alguém que me queira assim tanto?
Será que eu sou real e normal?

1 comentário:

belita disse...

para os que 'te querem assim tanto' é triste ler esta tua mensagem, quer dizer que não nos consideraste quando a escreveste. Às vezes o que queremos está tão perto que não o vemos...

Blog Widget by LinkWithin