Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Junho, início de Férias

Junho significava sair da cidade e mudança para "o Estoril". Na verdade a mudança era p'ra S. João, mas dizíamos Estoril.

Fazíamos as malas e vínhamos ou de comboio com os nossos Avós Paternos ou de carro com os nossos Pais.
Os meses de férias eram gozados até à última gota, até porque a Escola, dantes, só começava lá p'ro meio de Outubro, às vezes, com sorte, final de Outubro.
A praia era destino obrigatório. Enquanto éramos mais pequenos, no sistema de ir de manhã e vir a casa almoçar e fazer a sesta. Mais crescidinhos, já tínhamos autorização para ficar na praia todo o dia. Íamos a pé e vínhamos.
O dia era passado em mergulhos, jogos de prego e de carica, passeios pelo Paredão, brincadeiras com amigos e namoricos.
À noite juntávamo-nos na entrada do prédio dos Avós com um gira-discos a pilhas e os nossos singles preferidos e ouvíamos música enquanto subíamos e descíamos a rua (na altura quase vazia de trânsito!) de bicicleta ou jogávamos às escondidas.

Outro programa que adorávamos fazer era ir à Feira do Artesanato e não havia Férias sem este programa! Comer algodão doce e nougat, ver e ouvir os ranchos folclóricos. A pé pelo Paredão fora, da praia da Poça ao Estoril e vice-versa.
Quando, hoje em dia, os meus Filhos dizem que Férias aqui são "uma seca", só penso como para mim eram "uma Festa"!

5 comentários:

Peninha disse...

Por mais que me digam que hoje os "putos" tem coisas maravilhosas tipo Net, PS1,2,3 e portátil, telemoveis XPTO, etc, etc... eles não sabem BRINCAR!!!
Quer dizer, brincam à maneira deles mas na minha opinião e porque já posso comparar, tenho muitas saudades das minhas férias grandes e não a trocava por nada...

Vera&Catarina disse...

Eu não quero ser "cota", mas também concordo contigo - são poucos os miúdos que ainda sabem brincar sem ser tecnologicamente! Apanhada, Barra do Lenço, Escondidas, Polícias e Ladrões, Mamã dá Licença...Eu também adorei todas as férias grandes que tive...desde que houvesse praia e sol e mar e amigos, "tava-se bem"!

Patti disse...

Eu ia para S. Pedro do Estoril nas férias e ainda hoje vamos todos no verão à feira de artesanato do Estoril.

Vera&Catarina disse...

Patti, se calhar conheces o dono das meias pretas e azuis escuras cá de casa :). Ele também sempre passou férias em S.Pedro do Estoril! Agora é a praia que frequentamos;)

Gaby disse...

Podes bem crer! Eramos felizes com tão pouco.
A Feira do Artesanato... os ranchos folclóricos, o pão com chouriço e pó! Tanto pó se levantava daquele chão.
Nós também iamos e vinhamos a pé porque não tinhamos carro. Atravessamos o Vale de Sta Rita, em romaria para lá, cantando e rindo; para cá, já cansadas, meia-noite dentro, arrastando os pézinhos já a reboque de algum adulto.
Bons tempos!

Blog Widget by LinkWithin