Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Presentes (I)


Não: não digas nada!
Supor o que dirá
A tua boca velada
É ouvi-lo já.

É ouvi-lo melhor
Do que o dirias.
O que és não vem à flor
Das frases e dos dias.

Presente muito amado, Kat
És melhor do que tu.
Não digas nada: sê!
Graça do corpo nu
Que invisível se vê.


Poesia de Fernando Pessoa, Editorial Presença,
3ª edição, Lisboa, Janeiro 2006
Introdução e Selecção de Adolfo Casais Monteiro

3 comentários:

Anónimo disse...

Obrigada pelo Fernando Pessoa! Muito obrigada mesmo! E um balsamo!

KatWoman disse...

Ainda bem que gostaste. Acho que combina contigo. Bjs

Kat

KatWoman disse...

Então e os outros presentes?

Blog Widget by LinkWithin