Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

domingo, 4 de janeiro de 2009

De Casa às Costas

Eu gosto de mudança. Mudar faz-me entusiasmar, pensar no que vou encontrar de novo quando atingir o objectivo.

Eu gosto de visitar casas que estão à venda. Apesar de não conseguir ter uma noção muito boa de espaços e de projectar o depois, visitar casas é engraçado. Ver acabamentos, ver cozinhas, ver janelas e varandas.

No fundo, sou um bocadinho como o caracol. Gosto de andar de casa às costas!

Durante 20 anos de casamento, já habitei seis casas (se contar com esta onde vivo agora). Comecei por uma pequenina casa, último andar de uma moradia, tectos esconços, a casa onde passava férias de Verão com os meus Pais e Irmãos. A Família foi crescendo e as necessidades de espaço também.

Entre casa própria e casa alugada enquanto decorriam obras na casa seguinte, encaixotámos e mudámos as tralhas umas sete vezes. Nunca contratámos empresas de transportes ou de mudanças. Recolhemos caixotes nas lojas das redondezas, comprámos fita adesiva nas lojas chinesas, embalámos louça, livros, bibelots. De uma mudança para outra há sempre caixas de bibelots que vão permanecendo fechadas na garagem.

Na Passagem de Ano, há três anos atrás, tínhamos a sala onde agora escrevo completamente atafulhada de caixotes e móveis, até ao tecto, mas foi já nesta casa que iniciámos um novo Ano.

Esta casa, pelas características muito especiais que tem, há-de ser A Casa da nossa vida. Uma Casa com espaço suficiente para os Filhos, os Cães, os Amigos dos Filhos e os Filhos dos Cães. Uma Casa que queremos que venha a ser a Casa dos Netos, dos Amigos dos Netos.

Acabou aqui a minha aventura de mudança de casa...mas nos meus sonhos de futuro existe uma casa branca, térrea, de risca azul forte, no Alentejo Litoral que talvez ainda me faça encaixotar e mudar mais umas coisitas dum lado para o outro...

3 comentários:

BlueVelvet disse...

Pois eu estou traumatizada com mudanças.
Um dia conto-te porquê.
De qualquer forma temos 3 coisas em comum:
Também , a cada mudança, há coisas que ficam na arrecadação.
Também sonho com a tal casinha no Alentejo.
Também gosto de mudar...mas eu é acumulando. Ou seja, ter uma casa aqui e ali.
Beijokas

pensamentosametro disse...

AHAHAHAHAH, sabes que também já tive essa mania?

Quanto a mudanças, um dia conto-te.

Nunca digas nunca, quem sabe amanhã és apresentada a outra casa e tombas de amores por ela...;)

Bjos


Tita

KatWoman disse...

Tu não és como o caracol, porque o caracol, não tem garagem onde deixar os caixotes fechados com tralha; não tem cães a viver na sua casa e, por último, mais importante; cada filho tem a sua própria casa! ;)
Feliz Ano Novo!
Kat

Blog Widget by LinkWithin