Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A minha Cidade

A minha Máquina noutras mãos, Janeiro 09

Nas ruas estreitas as vizinhas tocam os dedos quando assomam à janela. Trocam cheiros e confidências sem a inconfidência do grito. Quando a conversa azeda correm-se cortinas e fecham-se portadas. Pragueja-se. Dos estendais libertam-se molas e peças de roupa. Do fundo da rua, espreitando e querendo entrar rua dentro, o rio. A luz. A claridade. O cheiro. Que só Lisboa tem.

6 comentários:

Si disse...

Lisboa tem um encanto muito próprio que só quem a sente consegue descrever assim.

paulofski disse...

Cheira bem, cheira a Lisboa.

Paula C. disse...

Lisboa é isso mesmo... única!

Bjs

Filoxera disse...

Ainda não consegui apaixonar-me por Lisboa, a minha cidade. Gosto dela, mas não de paixão...

SaRah disse...

A cidade que nos deixou apaixonada pela sua nudez. Pelo seu aroma de inverno e o seu amor de verão. Ah... Lisboa... Varandas de rotinas e suspiros de moleza. Cidade que quem por lá passa, não esquece.

Laidita disse...

Também gosto muito de Lisboa! :)

Bjs!

Blog Widget by LinkWithin