Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quarta-feira, 11 de Março de 2009

Os Cinco Sentidos em Debate

Imagem gentilmente cedida pela Net

Já não me lembro muito bem qual dos Quatro lançou o tema, à mesa, à hora de jantar.

" - Mãe, se tivesses de abdicar de um dos cinco sentidos, qual seria o que escolherias?"

Eu, no meu melhor estilo, repentista:

"- O olfacto!"

Os dados estavam lançados. A troca de ideias começou. Como sempre, acabo por pensar que os meus Filhos são melhores do que eu na capacidade de reflexão. Rapidamente surgem as questões ligadas aos cheiros que não se querem esquecer, aos paladares que ficarão alterados ou nulos.

"- Mãe, tu já comes pouco. Se não tivesses olfacto, e paladar, não comerias nada! Ias morrer!", dizia a Catarina

Naquela nossa "terapia" familiar acerca de sentidos que se perderiam, concluímos que poderíamos abdicar da audição, apesar de ficarmos privados do som do mundo, da música, da comunicação oral. Isto porque a ciência e a tecnologia já têm soluções avançadas para auxiliar os deficientes auditivos, porque a linguagem gestual já não é um bicho de sete cabeças que só alguns conseguem decifrar (eu teria que me esforçar, porque com a minha dislexia de movimentos, iria muitas vezes dizer coisas disparatadas...como já digo sem dislexia da fala ...).

Lanço-vos o desafio! Qual seria o sentido de que abdicariam se tivessem de o fazer? E porquê esse?

5 comentários:

Gigi disse...

Escolheria a audição.
Porque é o sentido a que dou menos importância. No entanto sei que ficaria privada de uma data de coisas boas. A que me surge primeiro é o facto de nunca mais ser possível escutar as vozes dos meus filhos e do meu marido. Depois há outras, nunca mais ouvir as pessoas e poder escrever coisas no meu blogue, nunca mais ter o prazer de ouvir música, o som do mar, os passarinhos, a água a correr, o vento a uivar...
bjs

Peninha disse...

Pergunta dificil... bem, talvez responda ao contrário. Não abdicaria nunca da visão por tudo e mais alguma coisa!!!
O que sobra? Olfato, paladar, tato e audição...
Assim sem pensar abdicaria do olfato...
Do paladar não porque gosto de saborear coisas docinhas e existem sabores impossiveis de viver sem eles.
Tato? Ui... gosto de percorrer várias coisas com as mãos...:)
Se tivesse que abdicar era do olfato!!!!
Se cheira bem ou mal? Desde que veja, tenha um sabor bom, goste de tocar e que oiça a opinião dos outros para mim chega!!!
Beijos

Si disse...

Pergunta difícil, sem dúvida...
Gosto do silêncio porque o barulho faz parte do meu dia a dia, mas dificilmente abdicaria da audição, até porque tenho a capacidade de ouvir em 'estéreo' - prestar atenção a duas conversas diferentes ao mesmo tempo, por exemplo - a visão, nem pensar, o olfacto, também seria difícil, porque me substitui o paladar muitas vezes, o paladar pela razão inversa e o tacto, bem, esse, também já experimentei e não gostei nada...
Sinceramente, não sei o que faria!!

KatWoman disse...

Tenho andado a pensar nesta questão e ainda não me consegui decidir. Posso no entanto apontar os meus considerandos relativamente a isto.
Considerando que a visão é mesmo o sentido que não abdicaria; considerando que se a ausência do olfato[dAO] me priva também do gosto, sobra a audição e o tato[dAO]. Destes 2 sentidos, a audição debilita a minha comunição com o mundo que me rodeia e com os outros em particular, ou antes, a comunicação dos outros comigo. Relativamente ao tato, ainda não consigo ter a dimensão exacta do que seria viver sem este sentido.
Numa primeira análise imagino que poderia viver como se usasse sempre de luvas, mas pensando mais profundamente a ausência deste sentido privar-me-ia de sentir qualquer sensação de frio, calor, húmido, rugoso, sedoso, etc.
Humm, não sei, ainda não sei.
Kat

PS: [dAO]- depois Acordo Ortográfico

ilana.ibb@hotmail.com disse...

Hummmm!!!! os cinco sentidos nos possibilita conhecer as coisas que estão à nossa volta e imaginar ficar sem um deles é muito difícil, mas já vivenciei uma experiência em que se ficasse sem o sentido da visão eu poderia explorar mais os demais sentidos. De todos, com certeza eu abdicaria deste sentido(Visão) apesar de imaginar ficar sem perceber as cores, pois amo demais observá-las e perceber o efeito que estas causam no mundo.

Blog Widget by LinkWithin