Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Do outro lado do Atlântico

A Carolina chegou há uma semana dos EUA, depois de ter passado lá um ano lectivo, num programa da AFS. No dia em que chegou, para além dos Pais e Irmã, tinha à espera dela, no aeroporto, algumas das suas colegas/amigas de S. João e em casa um jantar de recepção.

A semana passou e ela disse à Catarina que tinha que vir cá jantar. Estava cheia de saudades da nossa casa, da confusão, do "Tio" Álvaro, da nossa cozinha...mas o jantar tinha que ser absolutamente light. A maneira de comer nos EUA custou-lhe uns kilitos a mais que a sociedade europeia não perdoa a uma rapariga.

Marcámos o jantar para ontem - bife de frango grelhado, muita alface, um bocadinho de massa verde, melão - e ficámos a saber algumas das muitas coisas que se passaram do outro lado do Atlântico durante este ano que passou:

- que o "Pai" americano é dono do Banco mais importante daquela cidade!
- que os americanos comem mal, mesmo muito mal!
- que durante um ano, peixe foi alimento inexistente!
- que a "Mãe" americana quase nunca cozinhou...tudo é pré-feito ou fast food!
- que quando chegou à Escola, os colegas pensavam que Portugal era um país da América Latina, ai não, desculpa, de África...também não? Ah...uma cidade espanhola... :-(
- que os testes, para além de serem todos de "cruzinhas", são super-fáceis!
- que ninguém copia, faz cábulas ou diz a outra turma qual a matéria que saíu no seu teste!
- que os Professores explicam a mesma coisa tantas vezes quantas forem precisas para que todos percebam e não passam à frente enquanto isso não acontecer!
- que a Escola é altamente motivadora e dinâmica!
- que o espírito comunitário é muito grande!
- que eles, os Americanos, são muito incultos e infantis.
- que este ano que passou foi o melhor ano da vida dela, até hoje!

3 comentários:

Peninha disse...

Não era preciso ela dizer isso pois apesar dos Estados Unidos serem uma super potência os americanos são super incultos e de uma ignorância extrema!!!!

Isabel disse...

Vivendo aqui há já vão mais de vinte anos, confirmo as observações da Carolina. Incultos? Muito (não todos, claro!). Super obesos? Bastante, embora se notem melhoras no que diz respeito à educação dos mais novos a nível escolar, com programas educativos de alimentação e exercício físico.
Peixe…é triste mas é verdade. Quase não o comem, mas só porque não foram educados a isso, porque os amigos dos meus filhos veem cá a casa e adoram desde o peixe grelhado até ao bacalhau. Só ainda não consegui que comam peixe cozido :)
O peixe aqui é bastante caro nos supermercados, e claro o consumidor opta pelo que é mais barato. Nós deslocamo-nos a uma comunidade portuguesa a cerca de uma hora de onde moro para comprar peixe vindo de Portugal. E teem de tudo! Desde o pargo, à pescada, carapaus, peixe espada, espadarte, filetes, sardinhas, berbigões, ameijoas…tudo! Mas a bom preço-mais do dobro de que aí.
Quanto ao protótipo da mãe Americana-está a mudar, mas ainda deixa muito a desejar. Quando digo o tempo que às vezes passo na cozinha algumas das minhas amigas americanas olham pra mim como se eu fosse “maluca”.
E não, não sabem aonde Portugal se localiza…mas sabem logo o nome do Ronaldo ;)
Mas para lá dos seus “defeitos”, coisa que existe em todas as culturas, os americanos teem um grande sentido cívico e comunitário. Fazemos parte do Habitat da Humanidade e outras organizações a nível local e nacional, e posso garantir que tenho conhecido pessoas extremamente involvidas nesse sentido. E quando o meu filho começou um clube do Habitat da Humanidade para jovens no liceu, a maior parte dos miúdos ederiu entusiasticamente. E fazem service voluntário na Cruz Vermelha, Bancos Alimentares, destribuição de alimentos e roupas nas ruas de Nova Iorque, e visitas a centros de terceira idade.
Mas como em todo o lado, ainda temos muito que aprender da arte de saber viver.

Solita disse...

Pois como tenho lá familia já sabia algumas coisas dessas, mas do peixa confesso que não.


Jinhos e bom fim de semana.

Blog Widget by LinkWithin