Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Há Pessoas Maravilhosas na Minha Vida

A minha Máquina noutras Mãos
Setembro 2007
Largo do 31 da Armada, Lisboa

Já lá vão vinte e três anos.
Corria o ano de 1987. Acabada de fazer o primeiro ano do curso de Filosofia na Faculdade de Letras de Lisboa, concluí que a minha preparação do secundário não me iria permitir continuar naquele curso obtendo bons resultados. Inscrevi-me num programa OTJ que acabou por me levar a conhecimentos que me conduziram a um curso de informática (escritório electrónico, era o nome dele)financiado pelo FSE.
Em horário laboral que se estendia pela noite fora, remunerado e intensivo. Num edifício da Rua D. Estefânia em Lisboa, duas turmas por piso, elevadores que passavam a vida a avariar, pessoas vindas de todos os pontos do país. Durante sete meses fomos a família uns dos outros e aquelas salas de aula, a juntar aos cafés da zona, eram a nossa casa.
Há três anos juntámo-nos para celebrar a passagem dos 20 anos sobre aqueles dias gloriosos e, mais velhos, mais gordos, mais carecas, mais magros, com filhos, sem filhos, todos nos sentimos como se tivessemos menos duas décadas em cima e continuassemos a ser os mesmos que se tinham conhecido para aprender a trabalhar com aquelas coisas estranhas que funcionavam em comandos de DOS e se programavam em linguagens como PASCAL e DBaseIII Plus... Criámos ligações que nos unem apesar das distâncias e dos períodos de silêncio que nos separam.
Ontem, directamente do Cartaxo, chegaram dois para jantar. Um jantar feito em menos de um ai e que deu direito a conversa à mesa até às quatro da manhã. E foi bom. Sentir o aconchego que se sente quando se está entre pessoas com quem sabemos podemos estar despidos de máscaras e de defesas. Sentir que tudo o que se diz é ouvido, que tudo o que se sente é compreendido.
Obrigada por terem vindo e por serem meus/nossos Amigos!

5 comentários:

Belita disse...

E que malucos alguns ainda continuam...

Ana Isabel disse...

é tão bom esta sensação de que parece que foi "ontem" que estivemos juntos

Pedro Lopes disse...

o edifício da Rua D. Estefânia era o Fundetec?
ficava do lado esquerdo, descendo a rua, antes de chegar ao jardim Cesário Verde
era nesse?

Pedro Lopes disse...

acho que reconheço 2 ou 3 caras na imagem

Bernardo Santa Clara Gomes disse...

Pena só ter encontrado isto agora.
E isto lembra alguma coisa?
http://eti-fundetec.blogspot.pt/

Blog Widget by LinkWithin