Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

terça-feira, 27 de abril de 2010

A Minha Eterna Questão


Quando eu ainda não tinha passado a barreira das três para as quatro décadas de vida fui avisada que deveria abrandar o meu ritmo de trabalho doméstico, deveria não ser tão exigente e perfeccionista comigo mesma, sob pena de chegar o dia em que não conseguiria manter o nível a que estava a habituar os que comigo vivem.
Ultimamente e recorrentemente penso neste aviso. Ajuizado e próprio de quem já passou uma barreira de idade, que sabe como vai sendo, ano após ano,
Considero-me uma pessoa organizada  e metódica e, assim sendo, preocupa-me que actualmente o nível de trabalho doméstico, que me acaba por isolar de coisas que me dão prazer, pareça aumentar de dia para dia.
Ninguém me tira da cabeça que a unidade tempo tem de ser revista. Pode parecer disparatado, mas não é só minha a sensação de que os dias cada vez mais rendem menos.
Ou é? :-(

1 comentário:

OMOPrjct disse...

É tão verdade...
Parece que 24 horas nao chegam para nada e que nunca conseguimos fazer nada do nosso tempo... Eu que tenho 31 anos, sinto isso tds os dias...
Não sei o que faço às horas, mas que elas desaparecem, isso desaparecem...

Beijinho**
Vasco

Blog Widget by LinkWithin