Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Vida&(m)Filme

Porque é que a Vida não pode simplesmente decorrer como nos filmes?

Nos filmes elas, [nós], são bonitas, sempre bem arranjadas [mesmo quando acordam de manhã depois de terem dormido pouco], com vidas onde existe tempo para tudo [namorar, sair com as Amigas, trabalhar, tratar da casa e dos Filhos] e sempre Felizes.

Se cada um de nós faz o filme da sua Vida porque é que não temos capacidade para fazer filmes assim? Será que o iniciamos e depois não conseguimos ter a força necessária para o conduzir sempre por caminhos luminosos ou será simplesmente que nos vamos deixando andar sem perceber que a luz vai esmorecendo e temos que a avivar?

Só o facto de vivermos sem doenças já deveria ser motivo de luminosidade constante nas nossas vidas, mas a verdade é que os dias se passam iguais numa cadência que nos adormece para as coisas boas que temos, acabando por nos fazer realçar o que nos corre menos bem e que nos traz sentimentos desconfortáveis.

A cadência da rotina que incomoda, que mata a pouco e pouco os momentos de alegria, só pode ser alterada por cada um. Há que ter a força suficiente para encarar o que nos incomoda, para falar directamente sobre o que nos desagrada, para dizer bem alto o que se sente mesmo que o que se sente não seja o socialmente correcto e aceite, para substituir rotinas.

Esta força pode fazer doer, pode incomodar, pode até chocar, mas é necessária.

A Vida é breve, rápida na sua brevidade, complexa na sua rapidez.

Os Filmes são breves, intensos na sua brevidade, imensamente felizes na sua rapidez.

4 comentários:

@me@@@ disse...

Ora aqui está uma coisa que me incomoda, gajas giras e sempre ultra mega arranjadas, que fazem tudo e mais alguma coisa nos filmes e acordam sempre com aquela cara de quem está pronta para ir para uma festa!!



:-)

O2 disse...

Acho que tens razão, mas sinceramente a minha vida dava um filme de loucos! N sei s teria exito!

:)

mimanora disse...

A minha vida daria um filme mas não um filme feliz.
Era tão bom se pudessemos dar a volta a estas vidas como nos filmes.
Não será porque a complicamos demais?

Laidita disse...

Não sei, porque seria simples de mais?!

Bjs!

Blog Widget by LinkWithin