Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Festa no Vekiki

Cheguei há um ano ao mundo dos blogues. Na altura, criado com um objectivo, foi uma animação de duas pessoas - Eu e a minha Filha crescida.

Só que o projecto para o qual inicialmente criámos o Vekiki acabou por não se conseguir concretizar por manifesta falta de tempo de cada uma de nós para lhe dedicar, mas o blogue não podia morrer...

No fundo, acho que foi o Cosmos que quis que este espaço aparecesse na minha vida. Desde pequena que palavras, livros, caneta, lápis e papel foram meus companheiros de eleição. Durante o tempo que o limite de idade permitiu, o DN Jovem foi mesageiro das minhas palavras. Depois, passaram a fazer parte só de mim, da minha cabeça que as ouve todo o dia.

Gosto de escrever, mas não de escrever para a gaveta. A gaveta não me corrige, não me critica, não me diz o que hei-de mudar ou manter e, por isso, os meus múltiplos cadernos raramente deixam de estar em branco. Escrever para mim, não é uma actividade que me agrade.

Podem chamar-me narcisista, mas gosto de escrever para ser lida. Gosto de "escutar" as opiniões sobre o que escrevo, sejam elas boas ou más. São sempre construtivas no meu processo de crescimento enquanto "escrevinhadora". E aqui, neste enorme caderno, onde todos têm as suas páginas, encontrei isso.

Faz hoje um ano que comecei. Tornou-se um hábito, às vezes um vício. Mas que sabe tão bem! Escrevo uma, duas, as vezes que me dá na telha. Sou comentada ou não, mas sei que sou lida.

Gosto de publicar passagens do que gosto de ler e vou lendo à medida que o tempo me permite. Pelo que lemos também nos fazemos conhecer e também criamos laços. E os laços são outra das vertentes que a minha vida não dispensa. As pessoas apaixonam-me e eu gosto de me apaixonar.

Já conheci algumas das pessoas que me comentam e que também usam este caderno gigante para comunicar. Outras hei-de conhecer. O importante é que não me faltem as palavras para que este espeaço seja sempre um prazer, para mim e para os que vêm. O importante é que, com a ajuda dos comentários que me são deixados, a minha escrita evolua. Se vá aperfeiçoando e tornando mais sólida.

Para todos, obrigada. Pelo número de visitas que conquistei neste ano. Pelo número de comentários. São eles que me incentivam, todos os dias, a fazer uma das coisas que mais gosto - ESCREVER.

26 comentários:

BlueVelvet disse...

Parabéns Verinha!
Muitos, muitos parabéns.
Que nunca se te gastem as palavras.
Pela parte que me toca, embora às vezes me veja grega para acompanhar o teu ritmo de postagem, é um prazer enorme ler-te.
Muitos beijinhos

Tens um desafio lá no Velvet

salvoconduto disse...

Não costumo deixar comentários quando aqui venho, vá-se lá saber porquê.

Hoje aqui fica uma palavra: Parabéns!

Maria disse...

Adiantei-me no post anterior, mas repito aqui, afinal não custa nada:
PARABÉNS!

Beijos

laurinda alves disse...

Muitos parabéns pelo 1º ano do blog! Muito bom!! Abraço enorme e muitos e longos anos de escrita neste caderno diário... O coração é uma imensa praia, sim. E por vezes "basta fechar os olhos para sermos felizes" (esta frase é do Agualusa e é o meu presente de anos hoje!)

Su disse...

parabennnnnnnnnsssssssssss menina

continua .............

gosto sempre de cá passar................


jocas maradas.sempre

Patty disse...

Parabéns!!
Continua assim que o pessoal gosta de te ler, balé?

Gi disse...

Parabéns, Verinha, continua; eu gosto de te ler, sempre. Não comento mais vezes porque interiorizo mais.

Já escolhi a frase, depois posto.

mjf disse...

Olá!
Espero que continuemos a festejar os muitos aniversários do teu blog ;=)

Beijocas
Bom fim de semana

pensamentosametro disse...

Parabéns V., obrigada pelo meu presente.


Bjos



Tita

Paula Crespo disse...

Parabéns! Com um ano devias só gatinhar, mas não: já dás grandes passos! :)
Bjs

de dentro pra fora.... disse...

Bom ...não podia passar sem comentar, não é que fazemos diferença de apenas um dia de abertura dos respectivos blogs!??
Achei piada,....então Parabéns para nós :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Gosto muito de passar por cá e, embora nem sempre comente, levo alguma coisa que me enriquece.
Continue a exercitar o seu gosto pela escrita porque nós agradecemos.
Muitos, muitos, parabéns!

Si disse...

Vera,
Hoje estou com o tempinho todo contado ao minuto, mas não podia deixar de passar por aqui.
As frases levo-as mais tarde, com imenso gosto. Agora, é só para dizer que não esqueço que foi das primeiras vizinhas do bairro a comentar-me e a linkar-me, logo no meu primeiro dia, cheia de um entusiasmo que nunca esmoreceu, que vejo todos os dias na sua escrita e que lhe é tão particular, numa alternância entre panelas,'testos' ou tábuas de engomar e fotos e textos de uma beleza enorme.
Parabéns e um grande beijinho!

Belita disse...

Parabéns! Desejo-te muitas palavras, muitos laços e muitas paixões.

MaryandMargas - Anitas disse...

PARABENS pelo blog tia :D
Gosto de le-la, continue ;)
Biejinho grande M.B.

Thunderlady disse...

Parabéns Vekiki, parabéns Vera!

Tenho a agradecer teres aparecido no meu "canto", que eu também escrevo como tu: num blog por gostar que leiam e critiquem e falem e estejam à pvntade, a gaveta não é o mesmo, mas no entanto não tenho tanto de espírito incursor por outros blogs como tu tens e talvez isso me faça falta. Mas sou um bocadito acanhada, sou.

Por isso obrigada por me teres dado a conhecer o teu espaço :) ;)


Bjs!!

Vou levar a minha frase Mia Couto :) Ontem não pude.

MAis bj!

Elektra disse...

... e ainda bem q chegaste e... ficaste!
Gosto mt de te ler, embora não deixe mts comentários!
Q faças mais um ano, e outro, e outro e outro...
Parabéns e... temos de combinar outro almoço daqueles... é q agora tb eu posso trazer um docinho made in Bimby, Yesssssssss!!!
Beijossssss

Filoxera disse...

Parabéns!
Pelo aniversário do blogue e pelo conteúdo, que eu adoro.
Se não tivéssemos os blogues, não nos teríamos conhecido ;-)))
Beijos.

Brunorix disse...

Muitos parabéns!!

Que todas as frases sejam de coração e de preferência numa praia!

KatWoman disse...

Parabéns Blog Vekiki!
Continua a escrever por mais um ano que nós estaremos aqui diariamente a "ler-te" como tanto gostas.
Eu, pessoalmente, visito-te todos os dias e gosto muito de te ler, muito embora nem sempre comente, acompanho os teus posts com atenção. Subscrevo o que disse a BlueVelvet, e, também eu, "às vezes me vejo grega para acompanhar o teu ritmo de postagem".
Estou convicta que este ano, vamos ler textos muito bons provenientes
dessa cabeça loira.

Yes, you can!

Kat

paulofski disse...

Muitos parabéns pelo primeiro aniversário do bloguinho e pelos maravilhosos texto que publicas. És leitura díária e sempre que o tema me desperta e o tempo me permite deixo ficar uma flor em forma de comentário.

Agora vou passear pelo cantos da casa e recolher uma frase de Mia Couto.

Beijinhos

Piquenina disse...

Como gostas de palavras deixo-te um dos muito poemas que me enchem a alma.
Parabéns!

Estrela da Tarde

Era a tarde mais longa de todas as tardes que me acontecia
Eu esperava por ti, tu não vinhas, tardavas e eu entardecia
Era tarde, tão tarde, que a boca, tardando-lhe o beijo, mordia
Quando à boca da noite surgiste na tarde tal rosa tardia

Quando nós nos olhámos tardámos no beijo que a boca pedia
E na tarde ficámos unidos ardendo na luz que morria
Em nós dois nessa tarde em que tanto tardaste o sol amanhecia
Era tarde de mais para haver outra noite, para haver outro dia

Meu amor, meu amor
Minha estrela da tarde
Que o luar te amanheça e o meu corpo te guarde
Meu amor, meu amor
Eu não tenho a certeza
Se tu és a alegria ou se és a tristeza
Meu amor, meu amor
Eu não tenho a certeza

Foi a noite mais bela de todas as noites que me adormeceram
Dos nocturnos silêncios que à noite de aromas e beijos se encheram
Foi a noite em que os nossos dois corpos cansados não adormeceram
E da estrada mais linda da noite uma festa de fogo fizeram

Foram noites e noites que numa só noite nos aconteceram
Era o dia da noite de todas as noites que nos precederam
Era a noite mais clara daqueles que à noite amando se deram
E entre os braços da noite de tanto se amarem, vivendo morreram

Eu não sei, meu amor, se o que digo é ternura, se é riso, se é pranto
É por ti que adormeço e acordo e acordado recordo no canto
Essa tarde em que tarde surgiste dum triste e profundo recanto
Essa noite em que cedo nasceste despida de mágoa e de espanto

Meu amor, nunca é tarde nem cedo para quem se quer tanto!


José Carlos Ary dos Santos

Fatima disse...

Muitos parabéns pelo blog e pela tua excelente escrita.

annie hall disse...

Parabéns ! O primeiro ano é marcante na vida de um blog .Longa vida ao seu que alem das palavras tão um visual muito bonito.

Peninha disse...

Antes de tudo, Parabéns por este aniversário especial... aliás, hoje é dia de Blogosário, que é a comemoração do aniversário de um blogue!!! :)
Leio sempre os teus posts. Uns comento outros fico sem palavras para o fazer tal a "potência" do que escreves.
Desarmas as pessoas com as coisas profundas e bonitas que escreves e ficamos a pensar.
Mas este blogue tornou-se especial porque foi a partir dele que nos conhecemos e pelo qual construímos esta amizade.... só por isso já é especialissimo!!!
Beijos

Júlio disse...

Parabéns pelo blog, pelo que cá escreves e nos dás a ler. Obrigado, mesmo. :)

**

Blog Widget by LinkWithin