Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Dia de Hoje

Um dos sítios onde os livros repousam, cá em casa!

Se me perguntarem qual é o meu dia preferido nos 365 que o ano tem, não hesitarei em responder que é o dia dos meus anos. Sou como os miúdos, conto os dias até lá chegar e quando chego passo o dia em grande animação, porque gosto mesmo de fazer anos. Tirando este, há depois outros que me fazem sentir estar a viver um dia especial. O dia de hoje é um desses dias especiais!

Hoje é o Dia Mundial do Livro. Neste dia nasceu e morreu William Shakespeare, faleceu Cervantes. Para quem gosta de ler, para quem gosta de livros, comemorar a existência do objecto amado é uma festa!

Para mim é uma festa. Os livros fazem parte da minha existência desde muito cedo. As minhas memórias de mim não são muitas, mas as que existem vêm sempre com um livro na mão. Criada no meio de livros, ler foi sempre um prazer e nunca uma imposição. Li muita coisa e tenho pena de não ter tido conhecimento de outros livros mais cedo, na minha vida. Se isso tivesse acontecido talvez a minha história fosse, hoje, diferente.

Não sei viver sem ler. Preciso da companhia das mil e uma palavras encerradas à solta dentro de cada livro que escolho para fazer parte da minha história de vida.

Não tenho livros sempre presentes na mesa de cabeceira, mas tenho alguns sempre presentes na minha memória. De cada vez que os olho, nas prateleiras, pasmo com a capacidade que tenho de olhar cada lombada e recordar o que li. Nunca fui compradora de top's pela simples razão de que comprar um livro não é um mero acto de gastar dinheiro. Para mim, comprar um livro é um acto de paixão. É passear pelos corredores e pelas estantes. Admirar capas e títulos. Ler sinopses e contracapas. Desfolhar, abrir ao calhas e ler, fora do contexto de todo o livro. Apaixonar-me por livros é fácil, é uma característica minha da qual me orgulho, muito. Quem lê conhece as palavras e quem conhece as palavras descobre conceitos e exercita o pensamento. Eu gosto de pensar, mesmo quando é doloroso fazê-lo.

Tenho, habitualmente, muitos livros para ler. Autores diversos, temas diversos, em repouso na prateleira. Não esperam pela sua vez, existem, têm uma vida própria e no devido tempo entram na minha vida. Todos eles fazem e farão parte de uma história que é a minha. Que vai sendo construída com muitas palavras, com muitos conceitos, para os quais todos os meus livros contribuem. Já não leio mais do que um livro ao mesmo tempo. O tempo de que actualmente disponho para ler é muito mais que escasso e essa escassez obriga a que me dedique em exclusividade a uma só paixão de cada vez!

A minha lista de "livros a comprar", feita em Excel com todas as informações próprias de uma base de dados profissional, na qual se inclui o preço, não pára de crescer. (Já pensei em fazer um seguro dos meus livros, mas será que alguém viria cá para roubar livros? Já fui assaltada uma vez e nenhum desapareceu!). Não me assusta este crescimento desenfreado. É sinal de que estou atenta, de que continuo capaz de me apaixonar pelas palavras de outros.

Assusta-me o preço dos livros. Assusta-me pensar que os livros continuam a ser um bem supérfluo para muitas pessoas, para cada vez mais pessoas. Não tenho conhecimentos para discutir a política editorial mas considero que deveria ser repensado o preço dos livros que deviam ter um estatuto de indispensáveis e não supérfluos na vida de cada um de nós. Queixamo-nos de que a população consome pouca leitura, de que os jovens não leêm, mas não se criam incentivos que invertam esta tendência!

O post vai longo, mas falar sobre livros poderia ocupar-me um dia inteiro! Para todos vocês, que leêm, que escrevem, que têm a capacidade de se apaixonar pelas palavras de outros, desejos de um Dia Mundial do Livro repleto de páginas!

Boas Leituras resultam em Boas Escritas.

4 comentários:

Saltos Altos Vermelhos disse...

:D também adoro ler! Não sabia que hoje era este dia!

Thunderlady disse...

Sendo assim... feliz dia do livro!

E já agora feliz aniversário (faz hoje dias que nasceste. Muitos mas faz, ahahah)

:)

Feliz dia!

Oliver Pickwick disse...

Um "gerenciador" de livros feito no Excel? Esta é uma ótima idéia, jamais pensei nisso. Gostei do seu texto apaixonado, apenas lamento, como você, os altos preços dos livros, surpreendentemente, ainda na categoria de supérfluos.
Um beijo e boa leitura!

Dama de Cinzas disse...

Livro é algo de muito bom! Agora que estou sozinha pretendo retomar o hábito de leitura que ficou meio perdido!

Obrigada pela sua visita!

Beijocas

Blog Widget by LinkWithin