Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Silenciosas Conversas

Eu e a minha Máquina, Albufeira, Abril 2009

Mergulho os meus olhos nele. No azul. Do mar que me viu nascer, crescer, envelhecer. As minhas horas são mais compridas, os dias mais solitários. Sento-me de frente para o azul. Do mar. Respiro-o. Converso com ele conversas que são só nossas e que nunca têm fim. São conversas silenciosas que me tranquilizam os dias...porque os meus dias parecem não ter fim. Eu, desfio memórias, lugares, pessoas e dias e sinto-o a perceber-me. No murmúrio da água que vai e vem, devagarinho, deixar a sua marca na areia, parece estar a voz que responde aos pensamentos que vou soltando. Sentado, de frente para o azul. Do mar, meu companheiro, meu confidente.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Páscoa Feliz, com esse azul límpido como fundo

S disse...

Porque o mar é, também, meu confidente

Boa Páscoa!

Blog Widget by LinkWithin