Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Elogio ao Avental

Aventais pendurados nesta parede


[Confesso. Gostava de ser do tempo em que as Srªs tinham empregadas fardadas. Farda à séria e não apenas o avental vulgar, de lineu, que se usa para proteger a roupa enquanto se anda na lida doméstica! Acho super-chique ter uma empregada com fardas próprias para a cozinha, para a limpeza da casa, para servir à mesa. Em casa de uma das minhas Avós ainda houve destes exemplares...]

Bocado de pano. Decorado, estampado ou liso. De atilhos de cores, de quadradinhos, de pano simples ou de plástico. Avental.

Adoro usar avental! Não sei se isso desabona algum ponto em meu favor (terá que ser a Paula Bobone a comentar este post!), mas no meu dia a dia de dona de casa o avental faz parte da toillete. Andar a trabalhar sem ele é como se me faltasse qualquer coisa. Gosto de sentir que estou protegida de salpicos, de detergentes, de molhos. Gosto de lavar as mãos e limpá-las à ponta do avental.

Serei "saloia"? Não me importo. Adoro Aventais!!!

4 comentários:

Soraia Silva disse...

eu por acaso nao uso avental, ja tive mas ja nao tenho ( e nao me perguntes porque :P).
a verdade é que sempre que vou fazer limpeza ando com roupa propria (aquela mais fraquita) porque sei que se me sujar nao há problema!!!
os aventais de pano vao dar ao mesmo, porque se calhas de sujar ou molhar com algum produto que manche a roupa, poderá passar para o outro lado, e assim, o avental nao te valeu de nada :P

beijinho :)

Gi disse...

Também não dispenso o avental.

paulofski disse...

Estou sempre a ouvir reprimendas, não pelas qualidades culinárias mas porque raramente coloco o avental e a roupa fica com nódoas.

Maria disse...

Leio-a há já algum tempo com imenso agrado.
Mas hoje achei-lhe uma graça especial.
A minha sobrinha mais velha costuma dizer-me que "numa outra vida qualquer " terei sido com toda a certeza "cozinheira", "empregada de fora ou de dentro...", "mulher a dias"...enfim, ela acha muito estranha a minha fixação por aventais.
Mas não é... eu tenho é o maior dos cuidados com tudo.
Não gosto de cheiros, odeio nódoas.
A minha mãe tinha empregadas à séria, fardadas à séria.Cresci assim.
Tenho a certeza que foram elas que me transmitiram esta "paranóia".
Sou-lhes grata!
Um beijo

Blog Widget by LinkWithin