Grafia

A Autora deste Blogue optou por manter na sua escrita a grafia anterior ao Novo Acordo Ortográfico.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

V de Verinha

Há 44 anos, na minha Família, fui a primeira criança. Segundo dizem fui mimada por Avós dum lado e doutro e pelo único Tio que tive, meu Padrinho, como mandava a tradição na altura. Para uns era a Vera, para outros (incluindo eu própria) a Vekiki, para o lado paterno da minha Família, a Verinha. Foi assim que sempre fui tratada pelos meus Avós Paternos, mesmo quando de inha já não tinha nada, quando já nem quase me lembrava do meu nome e pensava que tinha sido rebaptizada com o substantivo Mãe, que também é um adjectivo já que indica a minha qualidade de ser. Foi assim que o meu Tio/Padrinho sempre me tratou, até se despedir...
Hoje, foi com emoção que recordei este tratamento quando o ouvi da boca da minha Tia, a única que ainda me faz grande um nome que sem diminutivo é tão pequeno!

4 comentários:

Blondewithaphd disse...

Passei para agradecer a visita e espreitar e, bingo, fiquei a saber porquê Vekiki!

Isis Braga disse...

Vera...

amei seus recadinhos , obrigada!!!!
bem , vc disse que não sabia qual carinho dar aos seus convidados na noite de Natal , deixei no meu blog uma sugestão de lembrancinha , passe por lá e veja se gosta...rsrsrs

Bjus

Isis

maria do mar disse...

Vera é o nome preferido do meu pai... é tão bom recordar os momentos com as pessoas que já foram, ou os momentos da infância.

Madame Pirulitos disse...

Gostei tanto deste post. E também não sabia de onde vinha o nome do blog:)

Blog Widget by LinkWithin